Desinfecção de ambientes contra a Covid-19: por que terceirizar?

Pesquisar
Fique atualizado!
E receba em primeira mão todas as novidades do nosso blog.
Facebook

O novo coronavírus chegou com tudo e deixou o mundo inteiro em alerta. O número de vítimas se tornou alarmante, e a Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu orientações sobre as formas de prevenção. Além de ser muito contagioso, o coronavírus também pode sobreviver nas superfícies por dias. Com isso, surgiu uma nova necessidade: a desinfecção de ambientes.

Entre as orientações da OMS e do Ministério da Saúde, está a higienização constante de mãos e superfícies. E é essencial que os produtos corretos sejam utilizados para preservar a saúde de todos e não danificar nada. No entanto, uma simples limpeza de ambientes pode não ser o suficiente para proteger contra o coronavírus.

Neste artigo, vamos explicar por que você deve terceirizar o serviço de limpeza e desinfecção de ambientes. Confira!

Como sobrevive o novo coronavírus?

Os microrganismos que causam a Covid-19 precisam de matéria orgânica para se manterem vivos. Por isso, ele está presente em secreções humanas, como a saliva e o muco. Ao tossir ou espirrar, e mesmo durante a fala, gotículas saem pelas vias respiratórias. Elas podem parar no chão, na mesa, no tapete, no teclado, no celular ou em qualquer outra superfície próxima.

Ainda que você tente proteger a boca, as mãos se contaminam, os germes se espalham por todos os lados. E uma das formas de contágio do coronavírus é justamente o contato com superfícies e objetos contaminados. Por isso, as organizações de saúde recomendam manter a higiene constante das mãos.

Como evitar a propagação do coronavírus no ambiente corporativo?

Com a retomada do serviço de muitas empresas, as organizações devem estar preparadas para receber seus colaboradores. Para isso, é fundamental oferecer total segurança no ambiente corporativo, e algumas medidas preventivas auxiliam nessa tarefa:

  • Mantenha todos os espaços higienizados reforçando ações de limpeza.
  • Realize ações e treinamentos de conscientização entre os colaboradores quanto aos cuidados de higiene pessoal.
  • Ofereça um novo formato de trabalho. Setores cujas atividades podem ser exercidas em home office devem ser remodelados.
  • Ofereça equipamentos de proteção individual para todos.
  • Disponibilize álcool em gel 70% em todos os setores e áreas comuns, como copa, cozinha e recepção.
  • Identifique a demanda de descontaminação do ambiente.
  • Invista em desinfecção de ambientes, contratando empresas especializadas para realizar o serviço.

Por que terceirizar a desinfecção de ambientes?

Realizar a desinfecção de ambientes potencialmente contaminados é uma ação necessária. Também é importante destacar que desinfecção é diferente de limpeza. No primeiro caso, acontece a eliminação de microrganismos potencialmente causadores de doenças. No segundo, trata-se de eliminar a sujeira que podemos ver sobre as superfícies.

Além disso, ainda não se sabe muito sobre o coronavírus, mas há pesquisas sendo desenvolvidas nesse sentido. Por exemplo, cientistas dos Estados Unidos realizaram um estudo que identifica a sobrevida do vírus em certas superfícies:

  • Aço inoxidável: 3 dias.
  • Plástico: 3 dias.
  • Papelão: 1 dia.
  • Cobre: 4 horas.

Sabemos que o vírus pode ser eliminado com produtos comuns de limpeza, como água sanitária e álcool. Porém, em espaços corporativos e condomínios, eles não são tão eficientes. Primeiro, há risco de as substâncias danificarem os equipamentos eletrônicos. Outro motivo é a circulação constante de pessoas pelos locais e em contato com as superfícies.

Essas características das empresas exigem um cuidado maior quanto à higienização. Sobretudo, o mais recomendado é uma sanitização de ambientes, feita com produtos adequados e por uma equipe especializada. Contratar uma empresa para realizar esse serviço certamente trará mais segurança para os colaboradores e familiares.

Equipe treinada e especializada

Não há dúvidas de que a terceirização do serviço de desinfecção de ambientes é a melhor escolha. Isso porque os profissionais passam por treinamentos para realizar o serviço da forma mais segura e correta possível. A higienização deve seguir uma sequência padronizada, priorizando o uso de técnicas, produtos e equipamentos adequados.

Para a desinfecção de ambientes, é preciso conhecer bem esses produtos, equipamentos e técnicas. Também é preciso entender como realizar o armazenamento e o descarte corretos de resíduos. Cursos de capacitação periódicos são oferecidos com o objetivo de preparar as equipes para desenvolverem boas práticas dentro do ambiente corporativo.

Produtos especiais

Para fazer a desinfecção de ambientes e superfícies é fundamental que os produtos sejam regularizados O órgão que cuida dessa regularização é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O uso de produções caseiras ou feitas em indústrias informais pode trazer riscos à saúde, provocando queimaduras, intoxicação ou irritação.

Além disso, esses produtos podem não ser tão eficazes quanto os testados e regulamentados. E lembre-se: o álcool em gel 70% não é recomendado para higienização de superfícies e ambientes. Deve ser utilizado apenas para a limpeza das mãos.

Agora você já sabe a importância de contratar profissionais especializados e capacitados para realizar a desinfecção de ambientes. Que tal fazer seu orçamento e garantir mais segurança para seus colaboradores?

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Últimas Notícias