O que você precisa saber sobre o sistema de CFTV

Pesquisar
Fique atualizado!
E receba em primeira mão todas as novidades do nosso blog.
Facebook

Hoje em dia, todos nós temos preocupação com a insegurança que nos cerca, seja em nossa casa, seja em nossa empresa, já que a realidade atual é o aumento da criminalidade e a necessidade cada vez maior de tomarmos providências no sentido de garantir a nossa segurança. Na mesma proporção, aumenta a procura pela instalação de sistema CFTV (circuito fechado de televisão) em residências, empresas e condomínios.

Assim, cabe a nós a contratação de empresa especializada nessa área, que ofereça um projeto de câmeras de segurança efetivo, e que possua profissionais capacitados em segurança eletrônica, que conheçam bem essa tecnologia, sua função e benefícios.

Neste post, você vai ficar sabendo particularidades e curiosidades sobre o sistema CFTV, e obter algumas informações a respeito que vão aperfeiçoar os seus conhecimentos sobre segurança eletrônica e te auxiliar na hora de você contratar esse serviço.

O que é um sistema CFTV?

Circuito fechado de televisão é uma tecnologia baseada no monitoramento de ambientes através de câmeras analógicas ou digitais que tem sido bastante utilizado nos últimos anos em residências, empresas, estabelecimentos comerciais e condomínios. Trata-se da colocação de câmeras em pontos estratégicos do ambiente a ser monitorado. As imagens captadas são transmitidas para um ou mais pontos de visualização, contribuindo para a diminuição de crimes nesses locais.

Funções do circuito fechado de televisão

  • Prevenção e repressão de delitos, inibindo a ação de infratores
  • Identificação de infratores, sendo um aliado no enfrentamento da criminalidade
  • Aumento da sensação de segurança nos ambientes em que são instalados

Como Funciona o Sistema de CFTV

As câmeras de segurança enviam o sinal de vídeo ou imagens capturadas para a placa de captura, onde as informações são gravadas e armazenadas. Para a câmera funcionar em perfeita harmonia com a placa de captura, é preciso instalar um conversor (chamado balun) para casar a impedância entre os equipamentos. Dessa forma, a câmera também fica sem interferência no sinal de vídeo.

Para o bom funcionamento de um sistema de câmeras de segurança, é necessário instalar também uma fonte de alimentação de boa qualidade e dimensionamento adequado para as câmeras. É preciso ainda ter qualidade no conector e cabo de vídeo para não ter perda no sinal. Além disso, há que ter fonte de alimentação no break.

Para começar a avaliar a qualidade de um câmera de segurança, temos que levar em conta alguns fatores:

  1. Resolução em números de linhas: A resolução da câmera é baseada no numero de linhas, ou seja, quanto maior o numero de linhas melhor vai ser a qualidade da câmera de segurança
  2. Sensor de Imagem: O sensor de imagem é responsável pela sensibilidade da imagem, nitidez, cor e brilho
  3. Qualidade da Lente: A Lente precisa ser de boa qualidade,  porque sem ela o sensor de imagem e a resolução costumam não funcionar corretamente, deixando a imagem ruim.

A instalação do sistema CFTV é feita por meio de estudo do ambiente com a escolha dos pontos onde serão colocadas as câmeras. Esse mapeamento é importante, pois identifica os pontos vulneráveis do ambiente. O próximo passo é escolher os equipamentos, e é aí que se faz necessária a contratação de especialista no assunto, capaz de montar um sistema eficiente e seguro que atenda as suas expectativas e supra as necessidades de cada tipo de ambiente.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o sistema CFTV, pode perceber como o uso do monitoramento eletrônico é relevante quando o assunto é segurança e tranquilidade.

Se este post foi útil pra você, comente. Opine. Continue acompanhando nosso blog para saber mais sobre segurança eletrônica.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Últimas Notícias