Por que investir em monitoramento eletrônico para sua residência?

Pesquisar
Fique atualizado!
E receba em primeira mão todas as novidades do nosso blog.
Facebook


Os índices de arrombamentos, furtos e assaltos em residências nunca estiveram tão altos. Sazonalmente, os números caem em algumas regiões por força de algum motivo, como um policiamento mais ostensivo, mas eventualmente os gráficos voltam a subir, mantendo o sentimento de insegurança dos cidadãos e fazendo com que eles permaneçam presos em seus próprios lares, muitas vezes sem poder ao menos aproveitar seus momentos de lazer.

As formas de se proteger eficazmente mudaram muito, e uma das que mais tem obtido resultados positivos é o monitoramento. Conheça alguns motivos para investir em monitoramento eletrônico para a sua residência!

Principais motivos para você reforçar a segurança do seu lar

  • A ousadia e as diferentes técnicas utilizadas por criminosos: diariamente, podemos perceber através de notícias que os criminosos estão se especializando e desenvolvendo sempre novas e mais ousadas formas de praticar delitos contra as pessoas e seus patrimônios. Muros altos, grades, cercas e trancas já não são grandes obstáculos para a maioria dos marginais.
  • Preservação do seu patrimônio: muitas vezes, as pessoas passam anos trabalhando e economizando para conquistar uma melhor qualidade de vida e grande parte das conquistas materiais podem se perder em apenas uma investida criminosa na residência. Além disso, quebra de vidros e outras ações que danificam o patrimônio geram gastos e também podem ser pontualmente verificadas em alguns tipos de monitoramento eletrônico.
  • Presença inibidora: os mais ousados criminosos estudam muito bem as residências antes de uma investida com intuito de roubar ou até mesmo sequestrar. O simples fato de saberem que a residência possui uma forma de monitoramento eficiente pode inibir a presença de bandidos, que muitas vezes acabam desistindo do intento.
  • Preservação da integridade física dos familiares: sem dúvidas, o maior patrimônio das pessoas são seus familiares. O valor da segurança dos filhos, cônjuges e demais familiares não pode ser mensurado, portanto, investir em monitoramento eletrônico para a residência ajuda a preservar a integridade física dos seus familiares.
  • Lazer com mais tranquilidade: poder sair em viagem com a certeza de que sua residência estará bem monitorada, poder chegar de uma festa à noite com um monitor externo aguardando ou ter a imagem da entrada da casa no próprio telefone celular, se for o caso, são boas formas de se sentir – e estar – mais seguro.

As casas e suas necessidades

Cada tipo de residência, devido o perfil dos moradores e suas rotinas e hábitos, além do local em que se encontra, apresenta diferentes tipos de necessidades em relação a segurança. Os possíveis riscos podem definir uma solução de segurança mais adequada um lar e seus moradores.

Assim, podemos listar os principais sistemas de monitoramento eletrônico residencial, que são:

  • Alarmes: o monitoramento por alarme é feito por detectores, que indicam movimentação e forçamento de aberturas, captadas em sensores e tendo por consequência o acionamento sonoro. Os dispositivos são ligados em uma central de alarmes que, por sua vez, transmite à central de monitoramento, que em caso de sinistro, poderá contatar o morador por telefone, enviar um monitor ao local ou acionar as autoridades, conforme o fato ocorrido.
  • CFTV: é o circuito fechado de TV que se utiliza de câmeras, captando imagens gravadas em um HD. Esse sistema transmite imagens para um ou mais monitores, possibilitando, com isso, o acompanhamento de forma remota no local ou pela internet. Tal monitoramento poderá ser feito até mesmo por um canal específico de uma TV na residência.
  • Imagens: o monitoramento por imagem é o que permite o acompanhamento em tempo real através de câmeras instaladas na residência. Assim, é possível uma equipe estar monitorando e outra indo ao local em caso de sinistro. Ela se difere da CFTV por ter sempre um acompanhamento.

Como você pode ver, são várias as formas de monitoramento eletrônico que podem ser utilizadas em sua residência. Indiferente de qual for a escolhida, certamente o seu lar e a sua família estarão mais protegidos frente à tanta insegurança e medo.

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Últimas Notícias