Saiba como funciona o serviço de porteiro remoto

Pesquisar
Fique atualizado!
E receba em primeira mão todas as novidades do nosso blog.
Facebook

Hoje em dia, o serviço de porteiro é indispensável para a rotina de qualquer prédio. Ele garante o conforto e a segurança dos moradores, além de assegurar o bom funcionamento do condomínio. Porém, nem sempre os síndicos e condôminos encontram uma opção que consiga equilibrar qualidade e eficiência na portaria, principalmente pelos altos gastos com esse profissional.

A solução mais moderna para essa questão é o chamado porteiro remoto. Embora a ideia pareça coisa de ficção, é uma prática que tem ganhado cada vez mais atenção dos condomínios e empresas do país. Entenda como funciona o porteiro remoto e conheça as vantagens desse sistema.

Como funciona o porteiro remoto

 

Com o porteiro remoto, o acompanhamento de todo o fluxo de moradores, visitantes e encomendas é feito por gerenciamento à distância. Isso é possível graças à alta tecnologia, que permite até eliminar a necessidade de porteiro no edifício. A central de monitoramento passa a ser localizada na empresa de segurança, longe do condomínio. É de lá que um profissional especializado acompanha a movimentação do prédio e da área, através de câmeras instaladas na propriedade. Dessa forma, é a empresa responsável que cumpre com o serviço da portaria.

Quando um morador chega ao condomínio, a sua entrada é autorizada sem que o atendente precise estar presente. Isso porque o reconhecimento dos residentes é feita através da alta tecnologia, que proporcionam maior segurança na entrada do prédio. Um deles é o método de identificação por rádio frequência (RFID), que permite a identificação automática por meio de sinais de rádio, usando dispositivos chamados de etiquetas RFID. Outro exemplo é o reconhecimento através da biometria, sistema que também tem sido muito usado pelos bancos, para efetuar a identificação dos seus clientes.

Maior economia 

 

O principal gasto de um condomínio é com os funcionários. Quando disponibiliza portaria tanto diurna quanto noturna, são necessários quatro porteiros para dar conta do serviço. É uma quantidade grande de funcionários a serem pagos todo mês, considerando que além dos salários ainda existem outros encargos. Se o condomínio tiver duas portarias, esse número dobra.

Porteiros devem ser funcionários de confiança e muitas vezes têm salários maiores, pelo longo tempo trabalhando no mesmo lugar. Uma solução, nesse caso, é terceirizar os funcionários. Mesmo assim, o custo não sai nada barato. Em uma situação dessas, a portaria remota elimina boa parte dos gastos com a folha de pagamento dos funcionários, eliminando o gasto com porteiro.

Garantia de segurança

 

A segurança da portaria é garantida por uma empresa especializada, que deve atender a um padrão extremamente exigente de qualidade. Os moradores podem ficar tranquilos com a certeza de que estão bem protegidos 24h por dia. É importante ter em mente que a automação da portaria remota elimina, principalmente, os possíveis erros dos funcionários.

Não é incomum no dia a dia dos condomínios um morador chegar e o porteiro estar ausente, muitas vezes porque foi executar outra tarefa ou ajudar um morador. O problema é que a pessoa fica esperando do lado de fora. Quando isso acontece durante a noite ou em horários de pouco movimento, torna-se um descuido muito perigoso. Além do mais, quem vive em prédios sabe que muitas vezes os porteiros acabam dormindo durante o turno da noite, o que prejudica a segurança do edifício.

Saiba mais sobre o serviço de porteiro remoto da Empresas Minister. Fale já com um de nossos especialistas! 

Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Últimas Notícias